quinta-feira, 22 de novembro de 2012

SP: posto da PM em Presidente Prudente é alvo de tiros

O local estava fechado no momento do ataque e ninguém ficou ferido
Foto: Cícero Affonso /Especial para Terra

 

Cícero Affonso

Direto de Presidente Prudente

Pessoas ainda não identificadas alvejaram, nesta quarta-feira, o posto da Polícia Militar (PM), localizado na rodovia Comendador Alberto Bonfiglioli, Jardim Santa Fé, na região oeste de Presidente Prudente, 565 km a oeste de SP. A ação ocorreu durante a madrugada e o local estava fechado. Ninguém ficou ferido.

Homicídios, estupros e roubos crescem em SP em 2012

O posto é o mesmo que, na madrugada de 28 de abril deste ano, foi destruído parcialmente por um incêndio. Naquela oportunidade, as investigações descobriram que o fogo foi provocado por um homem que teve sua moto apreendida pelos policiais por conta de várias irregularidades.

Na última madrugada, os autores passaram de motocicleta e dispararam vários tiros contra a base. Os projéteis atingiram as janelas, cortinas, portas e paredes do imóvel. Uma testemunha afirmou ter ouvido cerca de oito a dez disparos e em seguida o barulho do motor da motocicleta se distanciando do local.

As primeiras suspeitas são de nova represália por conta da detenção de um ex-presidiário residente na região, identificado como Lázaro José Orbolato de Castro, que deixou a cadeia há cerca de 40 dias, mas foi preso em flagrante na segunda-feira portando um revólver calibre 38.

Lázaro foi preso após denúncias anônimas de que ele teria sido o autor de diversos disparos contra a casa de um policial militar na mesma região na última quinta-feira. Os tiros atingiram as paredes da casa e o veículo particular do PM.

O capitão Edson Aparecido Torchi Duro, comandante da 5ª companhia do 18º Batalhão da Polícia Militar e responsável pela base atingida, declarou que as investigações para apurar o fato já começaram. "Por enquanto, tudo é especulação. Pode ser retaliação por conta das ações que a Polícia Militar têm feito na região, pode ser devido à prisão deste suspeito do atentado à casa do policial, e também não podemos descartar a hipótese de ser parte dos ataques que vêm ocorrendo no Estado", declarou.

Onda de violência
Desde o início do ano, ao menos 92 policiais foram assassinados no Estado. Desse total, 18 eram aposentados e três estavam em serviço. Além disso, o Estado continua a enfrentar um grande índice de violência. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, só na capital houve um crescimento de 102,82% no número de pessoas vítimas de homicídio no mês de setembro, em comparação ao mesmo período do ano passado. Em todo o Estado, a alta foi de 26,71% no mesmo período.

Extraído de http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI6320938-EI5030,00-SP+posto+da+PM+em+Presidente+Prudente+e+alvo+de+tiros.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário