sábado, 11 de junho de 2011

BOMBEIROS DO RIO - RESUMO DOS ACONTECIMENTOS 03/06 A 11/06

Bombeiros invadem quartel da corporação no Centro do Rio
Sexta-feira, 03/06/2011
Centenas de bombeiros que participavam de uma manifestação no Centro do Rio nesta sexta-feira (03) invadiram o quartel central da corporação. Eles protestam por melhores salários e condições de trabalho. A PM tenta controlar a situação.



Policias do Bope invadem quartel central dos bombeiros
Sábado, 04/06/2011
A Polícia Militar invadiu na manhã deste sábado (4) o quartel central dos bombeiros, no Centro do Rio de Janeiro, ocupado por mais de 2 mil bombeiros na noite da véspera, numa manifestação por melhores salários e condições de trabalho.




Sérgio Cabral atribui motivação política à manifestação de bombeiros no Rio
Sábado, 04/06/2011
Para o governador do Rio de Janeiro, a atitude dos manifestantes foi inaceitável. Cabral chamou os bombeiros de vândalos e anunciou a exoneração do comandante-geral do Corpo de Bombeiros.



Manifestação de bombeiros termina com mais de 400 militares presos no Rio
Sábado, 04/06/2011
Durante a noite desta sexta (03), mais de mil homens arrombaram o portão do Quartel Central do Corpo de Bombeiros. Depois de uma madrugada sem negociações, o Bope invadiu o pátio.



Bombeiros presos no Rio são transferidos
Domingo, 05/06/2011
Todos os 439 bombeiros presos, que participaram da invasão ao quartel central, foram autuados pela Corregedoria da Polícia Militar. Os detentos ficarão em um ginásio na Academia dos Bombeiros, em Niterói.



Bombeiros presos no quartel central continuam detidos
Segunda-feira, 06/06/2011
Os 439 homens presos no quartel central do Corpo de Bombeiros no sábado (4) reclamam das condições em que são mantidos na cadeia. Uma passeata em apoio aos bombeiros na Ponte Rio-Niterói causou problemas no trânsito




Bombeiros pedem a libertação dos mais de 400 presos
Terça-feira, 07/06/2011
Bombeiros em greve permanecem na escadaria da Assembleia Legislativa. Eles pedem não só o aumento salarial e melhores condições de trabalho, mas também a libertação dos mais de 400 bombeiros presos na invasão do quartel central.





Comandante dos bombeiros se reúne com líderes de grevistas
Quinta-feira, 09/06/2011
Juíza nega o pedido da Defensoria Pública para relaxar a prisão e dar liberdade provisória para os bombeiros presos no final de semana passado , após a retomada do Quartel Central da corporação.




Governo do estado do Rio adianta em cinco meses o aumento para 5,58% para bombeiros
Quinta-feira, 09/06/2011
O Governo do Rio anunciou também a criação de uma Secretaria de Estado de Defesa Civil, tendo como secretário titular o comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Sérgio Simões.



Justiça garante libertação e bombeiros do Rio aguardam alvará de soltura
Sexta-feira, 10/06/2011
Com a decisão da libertação dos 439 bombeiros, a liderança do movimento anunciou a retomada das negociações. O comandante da corporação declarou que todos os bombeiros voltarão ao trabalho imediatamente e que não haverá perseguição



Leitor filma comemoração de bombeiros no Rio
Sexta-feira, 10/06/2011
O internauta flagrou a comemoração dos oficiais. A Justiça do Rio de Janeiro mandou soltar os 439 bombeiros detidos.



RJ: maioria dos bombeiros presos aguarda expedição dos alvarás de soltura
Sábado, 11/06/2011
O Ministério da Justiça denunciou os 429 bombeiros e dois PMs que participaram da invasão do quartel central, no Rio de Janeiro. Eles devem responder criminalmente pela ocupação e pelos danos causados a equipamentos.

Problemas em computadores atrasa liberação de bombeiros no Rio
Sábado, 11/06/2011
Um grupo de bombeiros que estava preso no grupamento especial prisional, em São Cristóvão, deixou a unidade por volta das 23h, menos de uma hora após a chegada de oficiais de Justiça. No quartel de Charitas, ainda estão presos 439 oficiais.




Bombeiros presos no Rio já tem alvará de soltura
Sábado, 11/06/2011
É grande a expectativa pela liberação dos bombeiros presos há uma semana, depois de invadir o quartel general da corporação no Rio de Janeiro. Um primeiro grupo, de nove oficiais, líderes do movimento, foi libertado na noite desta sexta-feira (10).





Bombeiros libertados protestam na Assembleia Legislativa do Rio
Sábado, 11/06/2011
Mais de 400 homens foram mantidos presos por uma semana. O Ministério Público denunciou 429 bombeiros e dois policiais militares que participaram da invasão ao quartel general da corporação no Rio.




Os bombeiros protestaram no Centro da cidade.

Sábado, 11/06/2011
Os mais de 400 homens, que foram detidos por causa da invasão do Quartel Central, foram soltos. Os bombeiros protestaram no Centro da cidade. Eles pretendem continuar com as negociações com o governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário