segunda-feira, 11 de abril de 2011

NOSSOS PESARES À FAMÍLIA DO SD BM VALMIR - NOSSO AMIGO QUE MORREU NO CUMPRIMENTO DO DEVER LEGAL POR OMISSÃO ESTATAL.

Morre o bombeiro que caiu em poço de silo de grãos; havia raticida no local
Redação 24 Horas News


Notícia extraída de http://www.24horasnews.com.br/index.php?tipo=ler&mat=365021
Faleceu na UTI do Hospital Santa Rosa em Cuiabá, por volta das 8h40min, da manhã desta segunda-feira (11.04), o soldado Valmir Bezerra de Jesus, bombeiro lotado na 3ª Companhia de Tangará da Serra. Valmir estava internado desde o dia 25 de março, quando passou mal durante uma ocorrência de resgate. Ele desmaiou, após participar de um salvamento de  duas pessoas que estavam dentro de um ambiente confinado e subterrâneo de um silo.
Valmir  respirava com ajuda de aparelhos e se alimentava por meio de sonda. Exames indicaram que o soldado teria inalado e inspirado um componente químico 'brodifacoum', um raticida considerado poderoso que provoca hemorragias internas e externas. A análise da água contaminada ingerida pelo bombeiro no acidente seguiu para a cidade de São Paulo e aguardava conclusão.
A esposa do bombeiro, Cristiane Bezerra de Jesus, disse que ele  ele estava com 80% das funções dos pulmões comprometidas devido ao acidente, segundo informação dos médicos. Ele havia apresentado uma pequena melhora antes do fina ldo semana, que significaria que os pulmões estavam reagindo ao tratamento do quadro infeccioso. Ele stava sedado e recebia medicação para controlar o estado infeccioso dos pulmões, porém, nesta madrugada o quadro evoluiu e Valmir não resistiu.
No poço em que Valmir caiu  estavam duas vítimas: uma estava inconsciente e a outra sufocada pela falta de ar. Todas elas, porém, já não correm qualquer tipo de risco.
Valmir nasceu em 10 de setembro de 1976. Natural de Campina da Lagoa (PR) e ingressou no Corpo de Bombeiros Militar em 06 de agosto de 2004. Além de esposa, deixa dois filhos, que estão em Tangará da Serra em companhia de familiares

Um comentário:

  1. Meus Pêsames à família deste bravo soldado que morreu em consequência do cumprimento do dever: tentativa de salvamento de vidas humanas(sem estar devidamente resguardado para o exercício da função).

    ResponderExcluir