quinta-feira, 25 de setembro de 2008

524 PMs são absolvidos em processos de deserção (PMRN)

524 PMs são absolvidos em processos de deserção

Augusto César Bezerra - Repórter

O juiz Jarbas Bezerra, da 11ª Vara Criminal, e o Conselho Permanente de Justiça Militar, absolveram 524 PMs que respondiam a processos de deserção decorrentes do movimento paredista ocorrido em 2007. A advogada dos PMs, Kátia Nunes, explica que a decisão foi por unanimidade: cinco votos a zero. A defesa, agora, busca absolver cerca de 20 policiais – entre eles os líderes das associações que comandaram o movimento – expulsos acusados de motim, crime mais grave que a deserção.O juiz, na decisão, acompanhou os votos do Conselho Permanente de Justiça Militar, formado por um tenente, um capitão, um major e um tenente-coronel, todos da PM do RN.
.
Eles entenderam que os PMs não cometeram crime militar, mas infração de natureza disciplinar, cuja pena já foi cumprida, ainda em 2007, com as prisões administrativas. Com a absolvição, os PMs terão as fichas funcionais limpas e, com isso, retomam a possibilidade de crescer dentro da corporação com as promoções de patentes.

Fonte: http://tribunadonorte.com.br/88044.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário