quarta-feira, 30 de julho de 2008

Bombeiros de Mato Grosso farão cursos na área da saúde

Bombeiros de Mato Grosso farão cursos na área da saúde

Representantes do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBM-MT) participaram na segunda-feira (21.07), na Escola de Saúde Pública do Estado de uma reunião para discutir os detalhes sobre o Curso de Técnico em Enfermagem que será ministrado a 30 praças da corporação.
.
As vagas serão preenchidas por militares que possuem o Curso de Capacitação de Socorristas (CCS), obedecendo a exigência do Ministério da Saúde (MS) que obriga o aluno a possuir esta formação para facilitar a compreensão do conteúdo ministrado.
.
Para o diretor operacional do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), major bombeiro Ricardo Bezerra Costa, o curso oferece mais suporte para o aprendizado de matérias técnicas relativas à saúde. "Temos investido em capacitação de socorristas porque sabemos da importância destes profissionais para prestar o socorro à população em casos de trauma", comentou.
.
Após a conclusão do curso a turma, que terá o seu diploma reconhecido pelo Conselho Regional de Enfermagem, poderá se integrar às equipes das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) móveis, compostas por médicos e enfermeiros. "Um técnico de enfermagem será bastante útil nas viaturas, já que os acidentes de trânsito estão se tornando cada vez mais trágicos", completou.
.
A corporação também abrirá 25 vagas para realização do CCS, sendo 20 para militares e cinco para civis, que trabalham no serviço de emergência. "Este é um curso de 330 horas que têm extrema importância para o desenvolvimento do serviço de resgate", ressaltou Ricardo.
.
Todos os atendimentos realizados pelo Siate são executados por um socorrista que faz a estabilização do paciente até que ele chegue ao hospital. "Este serviço é tão importante quanto o hospitalar uma vez que a vítima poderá ter seu quadro clínico agravado nos primeiros minutos após o acidente, se não receber atendimento imediato", explica o major.
.
Para o chefe da Seção de Ensino e Instruções do CBM/MT, major bombeiro Denes Alves do Nascimento, a qualificação profissional através dos cursos de formação, especialização, aperfeiçoamento, entre outros, é de vital importância para o perfeito funcionamento das atividades constitucionais da corporação. "Além da necessidade que a instituição possui de qualificar o seu efetivo, os cursos de uma maneira geral são um estímulo que oficiais e praças recebem para aprimorar seus conhecimentos e com isso oferecer mais qualidade no atendimento emergencial à sociedade mato-grossense", frisou.
.
A previsão para o início das aulas, com duração de dois anos, é para o mês de setembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário